PRINCIPAIS PROJETOS E ATUALIZAÇÕES

Buscar
  • soldiambiental

Mais uma turma passou pelos "Encontros Técnicos de Gerenciamento de Áreas Contaminadas", uma parceria entre Senac e Aesas. Foram 3 dias intensos no curso onde os alunos tiveram a oportunidade de ver, usar e testar, na prática, diversas ferramentas para "Investigação de Alta Resolução". A coordenação dos cursos é composta por profissionais do Senac e da Aesas os quais os estruturam com o objetivo de capacitar os profissionais no mais alto padrão oferecendo didática e tecnogias de ponta com toda a estrura do SENAC e profissionais experientes no mercado de Gerenciamento de Áreas Contaminadas. Agradecimento às empresas ECD, Engesolos, Finkler Ambiental, Geoacqua, Geoklock, Nickol do Brasil e Vapor Solutions que disponibilizam materiais e equipamentos para a realização de mais um curso de sucesso. A Soldí Ambiental é a empresa responsável pela organização dos cursos.




6 visualizaçõesEscreva um comentário





Com as mudanças recentes acerca da ABNT NBR ISO/IEC 17025:2017 e das políticas da CG- de amostragem de CRE (Coordenação Geral de Acreditação), do Inmetro, os laboratórios ambientais têm se questionado com relação à obrigatoriedade em participar de ensaios de proficiência (EP) na etapa de amostragem. De acordo com as políticas da CGCRE, os laboratórios ainda não são obrigados a participarem em ensaio de proficiência para a etapa de amostragem. Os laboratórios, no entanto, devem consultar dois documentos da CGCRE que trazem as diretrizes acer- ca desse assunto. Em primeiro lugar a NIT-DICLA- -026-REV-11, de março de 2018, documento norma- tivo, que traz os requisitos para participação de laboratórios em atividades de ensaio de proficiência e o segundo documento, o DOQ-CGCRE-087-RE-00, de março de 2018, documento que traz as orientações gerais sobre os requisitos da ABNT NBR ISO/ IEC 17025:2017.


Acesse o artigo completo AQUI.

0 visualizaçãoEscreva um comentário












A Diretora Técnica da Soldí Ambiental escreveu um artigo sobre AS PRINCIPAIS MUDANÇAS DA ABNT NBR ISO/IEC 17025 E A POLÍTICA DE TRANSIÇÃO PARA OS LABORATÓRIOS DE ENSAIO para a Revista Meio Ambiente Industrial. Patricia Almendro Ruiz é Técnica em Química pela Escola SENAI Mario Amato, pós graduada em Gestão Ambiental pelo COPPE-UFRJ e possui mais de 18 de experiência em Gestão da Qualidade e Gerenciamento de Áreas Contaminadas. Atualmente participa da implementação e manutenção de sistemas de gestão baseados na NBR ISO/IEC 17025 e ABNT ISO 9001 em diversas empresas de consultoria e laboratórios ambientais e atua no comitê técnico de programas de ensaio de proficiência em matrizes ambientais.


Para acessar o artigo completo clique AQUI.



0 visualizaçãoEscreva um comentário
Assine a nossa newsletter